Radio Arcoense: Sintonizar por celular

1 comentarios
(para sintonizar por celular: clique na imagen)

Mimi Coelho: Uso indebido de mi identidad (carta abierta a la comunidad portuguesa)

0 comentarios

USO INDEBIDO DE MI IDENTIDAD
Carta abierta a la audiencia de Radio Arcoense

Yo, María Olivia de Couto Coelho, mejor conocida como “Mimi”, a través de este comunicado quiero hacer del conocimiento de nuestra comunidad que he sido víctima del uso indebido de mi identidad por la Asociación “Academia de la Espetada - Caracas”. De esta forma, les expongo con suma preocupación que dicha asociación, haciendo caso omiso y desconociendo las consecuencias jurídicas de mi renuncia al cargo de Vicepresidenta de fecha 25 de marzo 2013, a través de una carta formal recibida y firmada por la presidenta actual, la Sra. Silvia Henriques, ha incurrido en varias situaciones en las que ha utilizado mi nombre para su beneficio. Entre otras, tuve conocimiento, a través de una notificación del Centro Portugués de Caracas de fecha 19 de noviembre del 2013, que se había alquilado con mi número de acción el Salón Noble del Centro Portugués de Caracas en fecha 17 de noviembre. Tal y como consecuencia del uso del espacio, el club exigía el pago de la reparación de una puerta de vidrio, la cual sufrió daños en el evento. En tal sentido, es evidente que los miembros de la junta directiva actual de dicha asociación, utilizaron ilegalmente mi nombre, firma y el número de mi acción sin mi consentimiento.

En virtud de lo anteriormente expuesto, ratifico a nuestra comunidad que desconozco rotundamente todo comunicado o solicitud que se haga bajo mi nombre y como miembro de esa asociación desde la fecha de mi renuncia, e invito a las “amigas” que hacen vida o participaron en las tertulias de la Academia de la Espetada, o a cualquiera persona que presente dudas u otras solicitudes que no hayan sido avaladas por mi persona después de la fecha de mi renuncia, a que entren en contacto conmigo para aclarar o comprobar cualquier inquietud sobre mi gestión como Vicepresidenta de la “Academia de la Espetada Caracas”.

Agradezco a la directiva del Centro Portugués por haber realizado el contacto lo más inmediato posible y a la vez, les pido se solucione de inmediato dicho inconveniente sin que exista ninguna consecuencia hacia mi persona o acción por estos hechos, debido a que es una falta muy grave a tan prestigioso club de Caracas, considerando que fueron violados los sistemas de seguridad y se cometieron errores que deben ser corregidos para que esto no vuelva a suceder con cualquier otro accionista del club. Quiero agradecer también, y afianzar la confianza y seriedad con la que se me trato en el Centro Portugués y dejar claro que seguiré siendo una persona como siempre me he caracterizado dentro de la comunidad portuguesa: seria, honesta, responsable y con valores éticos.

Sin otro particular y agradeciendo la atención prestada,

María Olivia de Couto Coelho
CI: E-81.376.391

Caracas, 30 de Noviembre 2013

__________________________________________


De: Maria Olivia Coelho [mcoelho.couto@hotmail.com]
Para: contacto@radioarcoense.pt

Sres. de la Junta Directiva de Radio Arcoense,

Ante todo reciba un cordial saludo.

En anexo le hacemos llegar una carta que deseo hacer pública en relación a una situación irregular que sucedió con mi nombre por parte de la asociación Academia da Espetada - Caracas.

En vista de lo acontecido, agradezco favor utilizar todos los medios que estén al alcance de la radio para difundir mi comunicado.

Autorizo Radio Arcoense a publicar con todos sus medios radiales y digitales mi carta abierta en anexo por “uso indebido de mi identidad” y asumo plena responsabilidad de su contenido.

Sin otro particular y agradeciendo de antemano la atención prestada,

Maria Olivia de Couto Coelho
CI: V-81.376.391

Dia Mundial Sem Tabaco: Rádio Arcoense lança programação “Especial 24 horas com Roberto Leal”

0 comentarios
Dia Mundial Sem Tabaco: Rádio Arcoense lança programação “Especial 24 horas com Roberto Leal” e recebe alto-patrocínio do artista; ex-Secretária de Estado Manuela Aguiar e atual deputada Maria João Ávila são madrinhas do projeto

A Rádio Arcoense na Venezuela celebrará o “Dia Mundial Sem Tabaco” com uma programação especial de 24 horas dos temas do artista português Roberto Leal. Esta programação musical excepcional visa a defender a campanha mundial da Organização Mundial da Saúde (OMS).


“O grande artista Roberto Leal sempre foi amigo da Rádio Arcoense desde a sua fundação em 2008. Sabíamos que nunca foi fumador e da sua permanente luta artística contra todos os vícios, particularmente os que afetam a nossa juventude no mundo. Contatamos Roberto Leal e lhe propusemos que seria para nós um orgulho contar com o seu alto-patrocínio neste dia especial, mundial e internacional contra o tabagismo”, informou Antonio Coelho, Presidente da Rádio Arcoense.

Cada ano, dia 31 de maio, a OMS e associados de todo o mundo celebram o “Dia Mundial Sem Tabaco”, dedicado a ressaltar os riscos para à saúde do consumo de tabaco e de promover políticas eficazes para reduzir esse consumo. A epidemia mundial do tabagismo mata cada ano quase 6 milhões de pessoas, das quais mais de 600.000 são não fumadores e morrem por respirar fumo alheio.

“Fico muito feliz em ser convidado pela Rádio Arcoense para apoiar está causa, e digo mais: ‘Toda causa que for a benefício do ser humano é digna e honrosa’. Estou de corpo e alma com vocês todos nesta programação especial dos meus temas”, disse o artista português Roberto Leal mandando um abraço saudoso aos ouvintes da Rádio Arcoense e aos seus fãs no mundo.

O tema da edição 2013 do “Dia Mundial Sem Tabaco” instituído pela OMS este ano será: “Proibimos a publicidade, promoção e o patrocínio do tabaco”.

A programação “Especial 24h com Roberto Leal” poderá ser sintonizada por internet (www.radioarcoense.pt) e por celular (www.bb.radioarcoense.pt) na data mundial, sexta-feira 31 de maio, da meia-noite às 23h59 (hora da Venezuela, a partir das 5h30 da manhã em Portugal) com mais de 250 temas do artista todo o dia, noticias em português e áudios de luta contra o tabagismo em castelhano.


Convidada para amadrinhar esta programação excepcional da Rádio Arcoense, a ex-Secretária de Estado Manuela Aguiar informou a comunicação social: “Fiquei feliz por poder colaborar numa excelente e original iniciativa desta emissora. Foi também uma boa ideia envolver Roberto Leal com a força das suas convicções e com o seu carisma, alguém que todos admiramos, nos palcos, mas também na sua vida como cidadão empenhado em causas humanitárias. De memória é a 1ª vez que sou convidada para este gênero de apoio num programa de rádio, embora já tenha participado em várias campanhas de prevenção de riscos e doenças. O Dia Mundial Sem Tabaco instituído pela OMS é uma chamada de atenção imprescindível, pois o tabaco mata! E atinge também os fumadores passivos. É preciso que as pessoas tomem consciência destes malefícios. O dia sem tabaco tem de ser o princípio de um mundo sem tabaco! Por sorte nunca fumei - só por brincadeira, nos dias de juventude e muito raramente. Mas tanto o Pai como a Mãe eram fumadores e o meu ex-marido também. Vivi em ambientes de fumo e não gostei da experiência. Reclamava e tentava converter os fumadores. Sem êxito, nessa época... Tenho a certeza que esta programação “Especial Roberto Leal 24h” na Rádio Arcoense vai ser um sucesso. Espero que tenha efeitos no futuro, que ajude a diminuir a prática, que começa por ser social e lúdica e acaba em vício. Vamos tentar preveni-lo, sobretudo entre a juventude! Conheci Roberto Leal há quase 30 anos, em São Paulo. Foi uma surpresa ver como era uma pessoa simples, simpática, ele que era já tão famoso. Podia contar muitas, muitas histórias de Roberto, atos de generosidade e de portuguesismo sem fim! Como naquele dia da Comunidade luso-brasileira, promovido pela Secretaria de Estado da Emigração em que foi atuar como amigo, sem cachê, num concerto no estádio de Guimarães. Á hora do concerto chovia torrencialmente! Eu ia a caminho do recinto bem preocupada... Mas o estádio estava cheio, a chuva abrandou e o sucesso foi imenso. Roberto encantou pela música e pela palavra. Inesquecível! Renovo as felicitações à Direção da Rádio Arcoense pelo formato escolhido!”.


Por seu lado a atual Deputada eleita pela emigração Maria João Ávila declarou também aos jornalistas: “Naturalmente que me senti honrada com o convite que me foi feito pela Rádio Arcoense para ser madrinha na programação ‘Especial 24h com Roberto Leal’ em ocasião do ‘Dia Mundial Sem Tabaco’. Acho que é uma iniciativa importante e que através da figura carismática de um dos artistas mais acarinhados pela nossa comunidade portuguesa, procuramos assim alertar para os malefícios do tabagismo e para as consequências negativas que esse hábito tem na sociedade atual contribuindo para um elevado número de mortes e para uma enorme sobrecarga dos sistemas de saúde com os tratamentos que são necessários para combatê-lo. Penso que esta iniciativa de consagrar um dia inteiro de emissão a Roberto Leal e, no fundo, à promoção de um mundo sem tabaco, é de louvar a todos os níveis, pois tudo o que possa ser feito para sensibilizar, especialmente os jovens, a não fumarem é meritório. Quanto ao ‘Dia Mundial Sem Tabaco’ instituído pela OMS, penso que é um momento importante para relembrar a todos o mal que faz fumar e o quanto isso nos prejudica e a todos os que nos rodeiam quando fumamos. É cada vez mais importante alertar para esta situação e procurar encontrar formas de combatê-la, verdade seja dita, nunca fumei e provenho, felizmente, de uma família de não fumadores. Penso que a escolha de Roberto Leal é uma excelente opção para uma emissão tão especial. É um artista que está muito próximo dos portugueses que residem fora de Portugal e como tal penso que a emissão tem todas as condições para ser um grande sucesso e um marco na história da Rádio Arcoense. Sou amiga do Roberto Leal há quase duas décadas. Considero-o uma pessoa fantástica, muito humilde, com muita sensibilidade e sei  que ocupa um lugar muito especial nos corações das nossas comunidades espalhadas pelo Mundo. Parabéns ao Presidente da Rádio Arcoense pela ideia!”.

A Rádio Arcoense nasceu em 2008 pela vontade de dois empresários portugueses na Venezuela, naturais de Arcos de Valdevez em Portugal. Conta com uma programação musical portuguesa e noticias luso-venezuelanas 24h/24h por webrádio e 6h por semana na frequência 1340 AM (só na Venezuela).

O projeto radiofónico pretende ser um mídia de informação à comunidade portuguesa radicada na Venezuela e na América do Sul com uma linha editorial orientada na promoção da cultura e língua portuguesas, das atividades maravilhosas da rede associativa luso-venezuelana e da visibilidade das empresas portuguesas com gerencia lusa.

Em março 2013 tinha previsto celebrar os seus 5 anos de existência com um grande concerto para à comunidade portuguesa na Venezuela que contaria com a participação do conjunto arcoense Ymperio Show. Devido ao falecimento do ex-Presidente Hugo Chávez poucos dias antes do evento, o espetáculo foi cancelado e as celebrações do 5º aniversario suspendidas por motivos de 14 dias de Luto Nacional, impostos pelo governo venezuelano em todo o território da Republica Bolivariana da Venezuela.

Marque a diferença e seja um ouvinte diferente: Sintonize a Radio Arcoense!
Sintonize por internet: www.radioarcoense.pt ou por celular: www.bb.radioarcoense.pt.
Pin: 2A82270C, Mail: contacto@radioarcoense.pt, Twitter: @RadioArcoense

Músicas e noticias luso-venezuelanas 24h/24h: www.radioarcoense.pt.
Visite as nossas fotos: www.radioarcoense.pt/fotos.


Radio Arcoense: Nosso ArcoBBpin

0 comentarios
(para sintonizar por celular: clique na imagen)

Radio Arcoense: Rádio luso-venezuelana muda programação e substitui fados por música clássica

0 comentarios

Óbito/Chávez:  
Rádio luso-venezuelana muda programação e substitui fados por música clássica

Caracas, 08 mar (Lusa) - A luso-venezuelana Rádio Arcoense mudou hoje a sua programação radiofónica habitual, substituindo "os fados e a música tradicional portuguesa por música clássica e instrumental", em solidariedade para com a morte do Presidente Hugo Chávez.

"Este é um momento muito significativo para os venezuelanos, por isso, decidimos mudar toda a programação, para dar um toque de solenidade, com música clássica e instrumental", explicou o diretor, Adé Caldeira, à agência Lusa, lembrando que foram decretados sete dias de luto nacional.

Num comunicado, a Rádio Arcoense "expressa as suas mais sentidas condolências à família Chávez, aos seus amigos, aos mais próximos, ao povo venezuelano e à comunidade portuguesa da Venezuela pelo falecimento do Presidente da República Bolivariana da Venezuela, Hugo Rafael Chávez Frías".

Fundada há cinco anos pelos empresários António Coelho e Antonino Alves, a Rádio Arcoense era inicialmente um espaço radiofónico transmitido pela Rádio Uno 1340 OM, que mantém-se atualmente, mas emitindo 24 horas pela Internet através do endereço www.radioarcoense.pt.

A rádio tinha programado para sábado uma festa para assinalar o quinto aniversário com o grupo português Ympério Show, a qual suspendeu devido à morte do líder venezuelano.

Hugo Chávez morreu na terça-feira, em Caracas, quase três meses depois de ter sido operado pela quarta vez a um cancro, a 11 de dezembro de 2012, em Havana, e quase cinco meses depois de ter sido reeleito para o seu terceiro mandato, em 07 de outubro.

Chávez, que morreu com 58 anos, regressou à Venezuela em 18 de fevereiro, ficou internado no Hospital Militar de Caracas e não chegou a tomar posse como Presidente, ficando o lugar assegurado pelo vice-presidente, Nicolás Maduro, numa decisão autorizada pela Justiça venezuelana apesar dos protestos da oposição.

Maduro vai assumir hoje formalmente o cargo de Presidente interino da Venezuela, devendo convocar eleições dentro de dias.

FPG // DM. Lusa/Fim

Radio Arcoense: Ymperio Show por 1ª vez na Venezuela

0 comentarios
(para comprar entradas: clique na imagem)

Radio Arcoense: Roberto Leal em Venezuela

0 comentarios
 [+] Información: www.ninoacosta.com

Radio Arcoense: FITVen 2012

0 comentarios

La Feria Internacional de Turismo de Venezuela - Fitven 2012, que se realizará desde
el 6 hasta el 9 de septiembre en el Complejo Bellas Artes
espacios abiertos del Teatro Teresa Carreño y en Plaza de Los Museos,
ofrecerá a todos los venezolanos una amplia gama de ofertas turísticas nacionales e internacionales. 
[+] Información: www.fitven.gob.ve

Radio Arcoense/En la basílica del Cristo de José: Familia portuguesa hizo donación de imagen de la Virgen de Fátima

0 comentarios


En la basílica del Cristo de José: 
Familia portuguesa hizo donación de imagen de la Virgen de Fátima

Ayer domingo 13 de mayo del 2012, en la misa que se acostumbra celebrar en la basílica del Cristo de José en la autopista Antonio José De Sucre y ante una nutrida asistencia, la familia de origen lusitana Anastasio Da Silva, residenciada en Barcelona, formalizó la donación de la imagen de Nuestra Señora de Fátima que desde ahora quedará entronizada en el sagrado recinto, para veneración de todos.

Manuel Paulo Anastasio Cámara, acompañado de su esposa Marcirene da Silva de Anastasio, donante de la imagen, traída desde Lisboa, explicó que era una promesa hecha a un hermano fallecido en Anaco en el año 2005 y que hoy, Día de la Virgen de Fátima, quiso cumplirla en unión de sus familiares y amigos que lo acompañaron tanto en el acto como en la celebración eucarística.

La venerada imagen de Fátima, fue conducida hasta su entronización por los hermanos João Paulo y José Alexander Anastasio da Silva y recibida por el presbítero David Millán, Vicario del Santuario, en un acto que prodigó emotividad, por lo sencillo y simbólico de la fe cristiana, que es parte de la cultura de la colonia portuguesa, para inculcarla a los lusovenezolanos.

En el emotivo acto de fe cristiana, destacó la presencia de representantes de la colonia lusa residente en Clarines y del presidente de la Fundación Lusovenezolana de Clarines, Juan Abel Gonçalves, coordinador en Oriente de la Fundación de luso descendientes, quien anunció que los días 12 y 13 de octubre próximo, en la capital del municipio Bruzual se realizará el tercer Gran Arraial, para conmemorar el milagro de la Virgen de Fátima cuando el sol bailó sobre la tierra.

Vale acotar que en este mes dedicado a la celebración de la Virgen María en sus advocaciones, el próximo 19 de de este mes en la Iglesia de la inmaculada Concepción de Píritu, será la celebración de los portugueses residentes en la zona en honor a Nuestra Señora de Fátima.

Armando Rafael Tonito

Radio Arcoense/Punto Fijo: Jovens unidos de “Encantos de Portugal” celebram 5 anos de existência

0 comentarios

Punto Fijo: Jovens unidos de “Encantos de Portugal” celebram 5 anos de existência

O grupo folclórico internacional luso-venezuelano “Encantos de Portugal”, sedeado na cidade de Punto Fijo (a 540 kms oeste de Caracas no estado Falcón) desde a sua fundação em 2007, festejou no sábado 12 de maio o seu 5° aniversario.

“Jovens, crianças e adultos, hoje chegamos aos cinco anos de união. União que quiçá alguns não sentem por apenas estarem aqui por motivos de entretenimento associativo mas tenho consciência que para muitos de nós sentimos essa união com paixão, gosto e honra de aprender e representar outra cultura com muito êxito. Poderia dizer-se que é fácil, porem não o é! A convivência entre nós e o compartir da nossa união nunca terá custo!”, declarou Maria Ruela, presidente do grupo folclórico internacional luso-venezuelano “Encantos de Portugal” em comunicado publico, divulgado hoje na sua pagina da rede social Facebook.

Alertando a juventude da agrupação folclórica que na vida nada é simples, acabou por mostrar-se emocionada e satisfeita por ter chegado aos cinco anos de existência e adiantou confiar no muito que haverá para cumprir no futuro, e mobilizou os jovens em não recear quando tropeçam, mas levantarem-se e seguirem sempre em frente com amor, persistência, respeito e responsabilidade.

Em sua mensagem, agradeceu seu esposo que tildou de “maravilhoso”, seus filhos, seu irmão e sua cunhada por continuamente estarem ao seu lado, apoiando-a, e de ter amigos excepcionais na coletividade folclórica.

“Deixei muitas coisas para trás e não me arrependo. Por vocês enfrentei outras tantas coisas que superei. Por vocês tracei objetivos que conseguimos juntos. Por isso, temos que orientar o nosso caminho fazendo o que mais gostamos: divulgar o folclore português, tal qual deve ser e sentir-nos orgulhosos de promovê-lo. Conseguiremos!!”, concluiu Maria Ruela, dirigindo-se a todos os componentes.

O grupo folclórico internacional luso-venezuelano “Encantos de Portugal” foi fundado dia 12/05/2007 e representa as tradições etno-folclóricas da ilha da Madeira (Camacha, Santana, Ponta do Sol e Santa Cruz), de Aveiro, de Viana do Castelo, de São Miguel e da Nazaré. Com 65 componentes entre bailadores e músicos, “Encantos de Portugal” participa nos mais variados festivais folclóricos portugueses na Venezuela e atua em festas familiares privadas. Em 2011, efetuou uma tourné em Portugal exibindo-se em Madeira (Calheta, Camacha, Funchal, Machico, Ponta do Pargo, Porto Moniz, Punta do Sol, Ribeira Funda, Santana, São Jorge e São Roque do Faial) e nas festas de São Paio da Torreira (Murtosa) onde promoveu com dignidade o folclore venezuelano e representou a cultura tradicional portuguesa acabando por ser apadrinhado pelo rancho folclórico “Camponeses da Beira-Ria” (Murtosa, Portugal).


_________________________

Atual direção: Maria Ruela (presidente), Lidia de Gouveia (vice-presidente), Antonio Lopes Rufino (tesoureiro), Elizabeth de Freitas (secretária), João Luis Gouveia (relações publicas), Isaura de Pinho da Silva (diretora técnica), Margarida de Barreto Savedra e Ramon Ortis (vogais).

Venezuela: Rádio Arcoense lança sintonia nas redes sociais

1 comentarios
Venezuela: Rádio Arcoense lança sintonia nas redes sociais

A partir de hoje, todos os programas e reportagens gravadas da Rádio Arcoense se encontrarão “ao vivo” diretamente nos perfiles de redes sociais dos seus ouvintes.

“A aplicação ‘ArcoRede’ desenvolvida por uma empresa arcoense de alta-tecnologia em Arcos de Valdevez [Viana do Castelo, Portugal], já está divulgando varias rádios no Facebook e no Twitter de milhões de usuários em Portugal, França, Estados Unidos, Canadá, China, Espanha, Argentina e Brasil. Como arcoense é um orgulho para nós ter uma empresa da ‘nossa terra’ tão representada no Mundo inteiro como são por exemplo os computadores ‘Magalhães’. E como presidente executivo da Rádio Arcoense muito mais orgulhoso me sinto de colocar ‘on line’ por primeira vez na Venezuela toda a programação da Rádio Arcoense a traves das redes sociais”, explica com grande satisfação António Coelho.

A “ArcoRede” é simples de instalar diretamente no painel de controle de cada usuário das maiores redes sociais existentes na web 2.0.

“É tão simples instalar a ‘ArcoRede’ no Facebook como jogar ao FarmCity ou colocar uma foto no Twitter. Para isso, basta ir ao seu muro e colocar o enlace explicado na página da Rádio Arcoense, www.radioarcoense.com.ve. Um mini-programa informático de tipo ‘plug-in’ irá instalar-se nos seus perfiles de redes sociais e poderá ouvir a Rádio Arcoense logo ao iniciar a sessão do seu Facebook ou do seu Twitter, se o desejar. Ao nosso conhecimento, nenhuma emissora venezuelana propõe aos seus ouvintes de escutar sua rádio nas redes sociais”, afirma Adé Caldeira, diretor geral da Rádio Arcoense.

Porem esta nova tecnologia oferecida aos ouvintes da Rádio Arcoense terá um custo a suportar diretamente pela própria Rádio Arcoense.

“Tivemos que obter a autorização do Ministério da Informação e da Comunicação venezuelano e pagar uma taxa de instalação da ‘ArcoRede’ ao organismo regulador da comunicação social ‘CONATEL’ para que possamos transmitir a partir de hoje. Esperamos mais de 200.000 ouvintes e usuários de redes sociais conectados em pouco menos de 3 meses”, explicou Adé Caldeira.

A Rádio Arcoense é um projeto radiofónico lançado em 2008 por dois empresários arcoenses radicados na Venezuela. Em 2011 foi eleita “Melhor Órgão Luso-venezuelano de Comunicação Social do Ano” pela comunidade portuguesa numa votação popular organizada no quadro do Premio Eça de Queiróz pelo Clube de Comunicadores Sociais Luso-Venezuelano (CSLusoVen). Este ano 2012 organizou a 1ª Gala da Mulher Fadista Luso-Venezuelana no quadro das celebrações do Dia Internacional da Mulher.




Radio Arcoense: Gala de fado homenageou luso-venezuelanas no dia da mulher

0 comentarios
Uma gala com 12 fadistas radicadas em várias cidades da Venezuela homenageou, na noite de quinta-feira, as luso-venezuelanas por ocasião da celebração do Dia Internacional da Mulher.

Fonte da organização explicou à Agência Lusa que a iniciativa, que a gala foi organizada pelo programa radiofónico Rádio Arcoense, contou com o apoio do movimento associativo feminino português na Venezuela e decorreu no Centro Português de Caracas.

Reuniu mulheres fadistas de várias idades, de várias cidades e surgiu para celebrar também o reconhecimento pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) do fado como património imaterial da humanidade. 

“As mulheres, tanto as portuguesas como as luso-descendentes têm-se destacado (na Venezuela) pelo grande trabalho como líderes de associações que ajudam muitas pessoas”, disse Luisana Andrade, venezuelana com pais portugueses e uma das cantoras que participou na gala.

“Há gente que pensa que para cantar fado só é preciso voz. É muito importante, mas nem tudo tem que ver com a voz, é preciso sentir o que se canta, a letra, porque o fado é algo nostálgico, são histórias e vivências do povo português. O sentimento é primordial para interpretar este género musical”, frisou.

Durante a gala, a que assistiram quase 250 pessoas, na sua maioria mulheres, foi entregue uma rosa de cristal a mulheres representantes de várias associações luso-venezuelanas e às fadistas participantes. A fadista Gina Faria foi distinguida com o prémio Rosa Branca 2012, coroando assim toda sua carreira na Venezuela.

Radio Arcoense com Lusa
Caracas, Venezuela, 08/03/2012

Fotos aqui


Radio Arcoense: Luisana Andrade en la Gala de la Mujer Fadista 2012

0 comentarios

Radio Arcoense: Silvia Henriques te invita a la Gala de la Mujer Fadista Lusovenezolana 2012

0 comentarios

Radio Arcoense: Mary Carmen da Silva en la Gala de la Mujer Fadista Lusovenezolana 2012

0 comentarios

Radio Arcoense: Maria Odilia Rodrigues te invita a la Gala de la Mujer Fadista Lusovenezolana 2012

0 comentarios

Radio Arcoense: Yeliza Mendes te invita a la Gala de la Mujer Fadista Lusovenezolana 2012

0 comentarios

Radio Arcoense: Carla da Conceição en la Gala de la Mujer Fadista Lusovenezolana 2012

0 comentarios

Radio Arcoense: Elsa Abreu en la Gala de la Mujer Fadista Lusovenezolana 2012

0 comentarios

Radio Arcoense: Discurso de Fernando Campos (Presidente Centro Portugues em Caracas)

0 comentarios
Discurso do Presidente Fernando Campos
por ocasião da tomada de posse
no Centro Portugues em Caracas (11/12/2011)
(para bem escutar, apagar a difusão on-line do reprodutor na coluna da direita “Que queres escutar?”)

Radio Arcoense: Dia do Locutor

0 comentarios

Radio Arcoense: Entrevista a Carmen Pita (Historias de Vida)

0 comentarios

Entrevista a Carmen Pita no programa Historias de Vida do 02/09/2011

Radio Arcoense: Premio "Eça de Queiróz 2011"

0 comentarios
Caras Amigas e Caros Amigos,

É com muito orgulho que tomamos conhecimento da lista de finalistas ao premio “Eça de Queiróz 2011”, organizado pela associação nacional à qual somos associados e membros-fundadores: Clube dos “Comunicadores Sociais Luso-Venezuelanos” (CSLusoVen).

Queremos agradecer desde já toda a comunidade portuguesa na Venezuela e aos colegas em comunicação social por ter nomeado e votado nas semifinais até às finais para:
Luisana Andrade, jovem fadista talentosa, na categoria “Personalidade do Ano 2011
Adé Caldeira, nosso diretor-geral, na categoria “Comunicador do Ano 2011
Radio Arcoense na categoria “Media Luso-Venezuelano de Comunicação Social do Ano 2011

Os ganhadores deste prestigioso premio popular serão conhecidos Sábado 18/06/2011 a partir das 7:00 pm na “Parrillodista 2011” por ocasião das celebrações do “Dia do Jornalista” mas também no 11° aniversario da ilustre Associação Nacional dos Luso-Descendentes de Venezuela (AsoLuDeVen) a quem desejamos os nossos parabéns pelo magnífico trabalho que têm vindo a desenvolver em prol da juventude e da portugalidade.

Convidamos todos os nossos ouvintes a vir festejar connosco o “Dia do Jornalista” na Venezuela (que na verdade é dia 27/06, mas que o fim de semana prolongado devido ao feriado nacional do 24/07 obrigou os CSLusoVen a adiantar) e a continuar a votação no premio “Eça de Queiróz 2011”... Que os melhores ganhem!

Ficando ao dispôr de V. Exas para tudo o que fôr ao nosso alcance, subescrevemos-nos com a mais elevada consideração.

Respeitosos cumprimentos arcoenses e radiofónicos,

Os Co-Presidentes da Rádio Arcoense,
António Coelho e Antonino Alves



Radio Arcoense: Mensagem do Presidente da República dirigida às Comunidades Portuguesas

0 comentarios


Radio Arcoense: FC Porto vs SC Braga (final de la Liga Europa - UEFA)

0 comentarios

Te esperamos para asistir con nosotros a la final de la Liga Europa (UEFA) de futbol con los 2 equipos portugueses: FC Porto vs SC Braga.

Fecha/Hora: Miércoles 18/05 a las 2:00 pm
Local: Salón Arcoense del Restaurante “El Manjar de La California
Ubicación: Calle Paris con Calle Santiago de León - Detrás del INTT - La California
Contactos: Telf. 0212-2385241
Transportes: MetroBus, Camioneta, Metro línea 1 “La California”
Observaciones: 4 televisiones - Estacionamiento libre - Entrada Gratis

Ven con tu familia y tus amigos… Ven vestido con algo alusivo a Portugal…
La entrada al Salón Arcoense del Restaurante “El Manjar de La California” es libre
Tus consumos serán a pagar directamente a los mesoneros

¡Contamos contigo!

*** Se un oyente diferente: Sintoniza Radio Arcoense! ***
www.radioarcoense.com

_________________________________________________

Geolocalización del Restaurante “El Manjar de La California”: AQUI


Radio Arcoense: Dia Mundial de la Libertad de Prensa

0 comentarios
Por ocasión del “Día Mundial de la Libertad de Prensa”, la presidencia, vicepresidencia, gerencia-general, colaboradores, locutores, administrativos y técnicos de Radio Arcoense, desean un feliz día a todos sus colegas que hacen vida y una excelente labor de información en los medios de comunicación social dedicados a la comunidad portuguesa en Venezuela.
Felicitaciones a todos por sus trabajos periodísticos!

Radio Arcoense: Anibal Cavaco Silva, Presidente da Republica Portuguesa, enviou condolências ao Imperador Akihito pelas vítimas do terramoto e do tsunami que atingiram o Japão

0 comentarios
O Presidente da República enviou uma mensagem de condolências ao Imperador Akihito pelas vítimas dos trágicos efeitos do terramoto e do tsunami que atingiram o Japão.

É o seguinte o teor da mensagem de condolências do Presidente Aníbal Cavaco Silva:

“Majestade,

Ao tomar conhecimento dos trágicos efeitos do violento terramoto e tsunami que atingiram o Japão, quero transmitir a Vossa Majestade e ao Povo japonês, em nome do Povo Português e no meu próprio, os sentimentos do nosso profundo pesar e a expressão da nossa muito sentida solidariedade.

Nestes momentos difíceis, o nosso pensamento está, em particular, com as famílias das vítimas e com todos aqueles que sofreram perdas irreparáveis, a quem pedimos a Vossa Majestade se digne transmitir as nossas mais sinceras condolências.

Aníbal Cavaco Silva”

Radio Arcoense/Lusa-Venezuela: Emigrante reencontra no Facebook filha desaparecida há 12 anos nas enxurradas de Vargas

0 comentarios

Caracas, 25 fev (Lusa) – Doze anos depois das enxurradas que destruíram parcialmente o estado de Vargas (a norte de Caracas), a portuguesa Lucinda Nunes reencontrou, através do Facebook, a filha dada como desaparecida em dezembro de 1999, quando tinha 10 anos de idade.

“Estou feliz, feliz não, superfeliz, já tenho a minha filha, graças a Deus que tudo lhe devo. Encontrei-a por sorte no Facebook, num dia em que procurava uma pessoa, e na emoção telefonei para um irmão em Portugal que constatou as semelhanças. Ele pediu-lhe amizade, estabeleceu contacto e soube que ela era vítima de Vargas, mas não se lembrava de nada”, disse a emigrante natural do Arco da Calheta, Madeira.

Lucinda Nunes, explicou, em declarações à Agência Lusa, que a filha, Angely Sofia Nunes, “tem agora 22 anos, estava até há poucos dias numa instituição para adolescentes” em Caracas. “O tribunal autorizou que viesse viver comigo para iniciar um processo de adaptação.”

Garantindo que as duas se dão muito bem, Lucinda Nunes precisou que aguardam o resultado de provas de ADN feitas pela polícia venezuelana e que algumas características físicas foram determinantes para a decisão do tribunal de permitir que a jovem, que é conhecida por outro nome, fosse viver com ela.

O caso, que mereceu há 12 anos a atenção dos ex-secretários de Estado das Comunidades Portuguesas, Rui de Almeida (PS) e José Cesário (PSD), remonta à noite de 15 para 16 de dezembro de 1999, quando chuvas torrenciais provocaram deslizamentos em quase 80 quilómetros de zona costeira do Estado de Vargas. As regiões mais afetadas foram Los Corales e Carmem de Úria, esta última declarada inabitável e hoje reduzida a escombros.

A casa onde a família de Lucinda Nunes, em Carmem de Úria, desapareceu, sobrevivendo apenas um familiar dela e, ao que se sabe agora, também a sua filha.

Três meses mais tarde, a portuguesa viu a filha numas imagens de televisão, foi a um programa e mostrou uma foto, tendo sido informada por um telefonema que a luso-descendente esteve no Quartel de Paramacay, na altura da tragédia.

Depois de pedir a intervenção a Portugal para recuperar a filha, dizendo que estaria em casa de uma professora com familiares militares, cujos cargos que ocupavam alegadamente dificultavam a sua recuperação, Lucinda Nunes viajou, em outubro de 2001, à Madeira, onde se encontrava de visita o Presidente Hugo Chávez, a quem pediu ajuda.

Chávez disse então que conhecia este caso e garantiu que as autoridades venezuelanas investigavam possíveis pistas do paradeiro da criança.

Pouco depois uma equipa da Polícia Técnica Judiciária iniciou uma investigação e, em junho de 2006, fontes da Direção de Inteligência Militar confirmaram, conjuntamente com outros corpos policiais, uma operação de vigilância a várias pessoas para localizar a menina.

O caso foi ainda tema de um pedido de apoio junto do então presidente da Assembleia Nacional, William Lara, em fevereiro de 2002.

Não existem dados oficiais sobre o número de portugueses mortos nas enxurradas de Vargas, mas segundo fontes da comunidade terão morrido uma centena, 44 dos quais na localidade de Cármen de Úria. A comunicação social local avançou para um número total de vítimas mortais de 100 mil pessoas, que foi depois corrigido pelas autoridades para mais de 10 mil.

Foram feitas 600 denúncias de pessoas desaparecidas, entre elas 119 crianças, 14 das quais luso-descendentes.

Além dos cartazes colados em vários locais, e em autocarros foram publicadas fotografias nos pacotes de leite.


Radio Arcoense/CSLusoVen: Premio Eça de Queiróz, 22 comunicadores sociales nominados para 2010

0 comentarios

Radio Arcoense/Lusa-Venezuela: Taxa de homicídios é de 48 por cada 100 mil habitantes

0 comentarios

Caracas, 09 fev (Lusa) – O ministro venezuelano do Interior e Justiça, Tareck El Aissami, revelou terça-feira no parlamento que o país regista 48 homicídios por 100 000 habitantes e vincou que o Governo “não subestima” o problema da insegurança.

“A taxa, na Venezuela, é de 48 homicídios por 100.000 habitantes e continua a ser alta porque está acima da média na América Latina. Essa é a verdade, com números oficiais”, disse.

A resposta de Tareck El Aissami teve lugar depois de o deputado William Barrientos, da oposição, instar o ministro do Interior e Justiça a demitir-se “por fracassar” no combate à insegurança no país.

Segundo Tareck El Aissami, a situação da criminalidade venezuelana “é tão complexa que não pode ser solucionada apenas pelo Governo Nacional”, e exige a participação de todos os setores do país.

“Não se trata de censurar os fatos, mas procurar as causas e dar uma resposta integral”, frisou ao sublinhar que “uma só vítima é suficiente para comprometer (o Governo) em procurar soluções para o problema da insegurança”.

Tarek El Aissami acrescentou ainda que 75 por cento dos 10 421 homicídios que em 2010 ocorreram na Venezuela, registaram-se em nove dos 24 Estados que compõe o país.


*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***



Radio Arcoense: 37 personalidades nominadas para el premio Eça de Queiróz 2010

0 comentarios

Radio Arcoense/Lusa-Venezuela: Leite em pó, óleo, maionese e açúcar desapareceram dos supermercados

0 comentarios

Caracas, 10 fev (Lusa) – Leite em pó, óleo vegetal, maionese e açúcar são alguns dos produtos alimentares que os venezuelanos viram desaparecer das prateleiras dos supermercados nas últimas semanas.

Esta situação tem levado a população a fazer ajustes nas listas de compras e no orçamento. “Estive em seis supermercados diferentes e não havia leite em pó. Tenho apenas um pouco de óleo em casa e há quatro semanas que não consigo açúcar. Sempre há uma coisa em falta”, explicou Aída Núñez à agência Lusa.

À saída de um supermercado em Chacaíto, esta antiga funcionária bancária, agora reformada, explicou que “ir às compras requer muita habilidade, porque se hoje conseguimos feijão preto ou alguns enlatados, há que comprar mais do que o necessário, ter um pequeno stock em casa”.

Também os vegetais subiram de preço mais de 10 por cento “desde o ano novo”, obrigando os cidadãos “a esticar o orçamento para poderem comprar o que necessitam, o que não é fácil de fazer”, realça Aída Núñe.

“Quando queremos croquetes de frango, só se consegue de carne, quando vamos comprar queijo, há que remediar com o que houver à venda ou ir a muitos supermercados para conseguir o que mais gostamos. Tudo isto é muito difícil, angustiante e às vezes leva-nos a comprar o que não precisamos de imediato por temor de que esgote”, descreve.

Dois proprietários de supermercados de Caracas contactados pela agência Lusa explicaram que produtos como o óleo e a maionese não são escassos, mas há problemas pontuais de reposição de stock, fazendo “com que a sua presença nas prateleiras seja intermitente”.

Trata-se de uma situação que afeta também algumas leguminosas, o leite pasteurizado, as margarinas e até os refrigerantes, “cujas marcas que estão à venda, pontualmente, não são as que as pessoas procuram”.

Admitindo que os preços dos vegetais subiram bastante, alguns comerciantes recomendaram aos clientes que comprem “abóbora amarela e tomates para congelar e usar no futuro, porque neste momento estão a preços económicos”.

Hoje, a Câmara Venezuelana de Indústrias Lácteas explicou que os danos causados pelas chuvas levaram a “uma quebra na distribuição de leites e derivados”, mas vincando que o produto pasteurizado não desapareceu do mercado.

“Estamos importando entre 40 a 50 por cento do leite que consumimos, porque desde há muito anos a Venezuela tem uma produção nacional insuficiente para o consumo interno”, explicou Róger Figueroa, presidente daquele organismo.


*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***



Radio Arcoense/Consulado-Geral de Portugal em Caracas: Abertas candidaturas para programa “Portugal no Coração” (edição 2011)

0 comentarios
O Consulado Geral de Portugal em Caracas apresenta os seus melhores cumprimentos aos ouvintes da Radio Arcoense e informa que estaõ abertas as candidaturas para o programa “PORTUGAL NO CORAÇÃO” relativo a 2011 que decorrerá em Maio e Outubro próximos e que se destina aos portugueses com mais de sessenta e cinco anos de idade e que, por razões de ordem económica, não visitem o nosso País há mais de 20 anos.

Os candidatos deverão preencher a ficha de inscrição e apresentar as respectivas candidaturas junto deste Consulado-Geral ou de qualquer Consulado Honorário da jurisdição de Caracas até ao próximo 28 de Março e 15 de Julho, respectivamente.

À semelhança do que sucede desde 1996, a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas irá organizar em 2011 mais um Programa “Portugal no Coração”, que decorrerá em Maio e Outubro do corrente ano e contemplará no total 40 idosos, sendo 20 em Maio e 20 em Outubro.

Para as duas edições do ano de 2011 foram fixadas as seguintes datas:
MAIO – entre 6 e 20 de Maio. Regresso aos países de acolhimento ou partida para junto de familiares e/ou amigos para prolongamento da estadia entre 21 e 23 de Maio. Candidaturas impreterivelmente até aos próximos dias 28 de Março.
OUTUBRO – Entre 14 e 28 de Outubro. Regresso aos países de acolhimento ou partida para junto de familiares e/ou amigos para prolongamento da estadia entre 29 e 31 de Outubro. Candidaturas impreterivelmente até ao próximo dias 15 de Julho.

Muito se agradece a mais ampla divulgação desta iniciativa aos vossos ouvintes.

Com os nossos melhores cumprimentos,

[+] Informações: Consulado-Geral de Portugal em Caracas
Avenida Campo Alegre 2ª - Caracas 1060 - Venezuela
Telf: [+58] (0) 212 264 05 47 - Fax: [+58] (0) 212 266 70 52

Radio Arcoense: Resultado da rifa para o Santuario de Fatima (Los Teques)

0 comentarios
Buenas tardes a los oyentes de Radio Arcoense,
Muchisimas gracias por colaborar, le enviamos adjunto los números ganadores de la rifa, 
igualmente les pedimos que sean portavoces nuestros en la difusión de este mensaje...
Muchisimas gracias y que Nuestra Señora de Fátima los Bendiga.

Radio Arcoense: Festa dos Filhos do Faial na Venezuela

0 comentarios

Radio Arcoense: Folclore de Portugal - O Portal do Folclore Português

0 comentarios
Caros amigos da Radio Arcoense,

Desde o dia 1 de Novembro de 2000 (já lá vão 10 anos!) que o “Folclore de Portugal - O Portal do Folclore Português” (www.folclore-online.com) iniciou a sua actividade, o que constitui um caso de longevidade, inclusive no mundo virtual que é a internet.

Este é um projecto único e inovador, sem paralelo, nomeadamente a nível internacional, atendendo ao seu carácter multifacetado, e porque não se trata de um mero sítio na internet onde são adicionadas ligações para diferentes grupos folclóricos nem tão pouco restringe a estes a sua intervenção.

O Portal do Folclore Português constitui um projecto cultural abrangente em todos os domínios da nossa cultura tradicional e popular, desde os campos da museologia à representação etnográfica, da recolha de imagens à inventariação do nosso património imaterial, incluindo os usos, costumes e tradições, a gastronomia, o cancioneiro, a medicina popular, a religiosidade, os provérbios, as lendas e numerosos outros aspectos de que trata a etnografia portuguesa.

Desde o início que o Portal do Folclore Português começou por ser um elo de ligação entre todos os folcloristas e grupos de folclore espalhados pelo país e pelo mundo, ligando as comunidades portuguesas e contribuindo para o estabelecimento de permutas e de entreajuda, esbatendo eventuais diferenças resultantes de estatutos de ordem associativa e contribuindo, desse modo, para criar condições com vista à sua própria melhoria. Mais ainda, tornou-se um meio de comunicação facilitada com agrupamentos e organizações de outros países através das ligações que para esse efeito disponibiliza. A sua utilidade apenas depende da utilização que os próprios grupos dele fizerem, contribuindo nomeadamente para a sua dinamização.

Ao longo destes dez anos de actividade, o Portal do Folclore Português tem constituído uma ferramenta credível e o único meio de ligação entre todos os folcloristas e grupos de folclore portugueses espalhados por todo o mundo, sem qualquer espécie de distinção, procurando sempre contribuir para a sua melhoria e jamais para a sua exclusão. A própria “Opinião” de quem sabe alguma coisa sobre Folclore ou Etnografia tem neste Portal um espaço aberto, que se traduz frequentemente numa crítica que se pretende positiva, na certeza de que o elogio gratuito em nada contribui para a melhoria da representação do folclore nem tão pouco reflecte a consideração que os grupos nos merecem.

Decorridos dez anos desde o seu aparecimento, consideramos, no essencial, positivo o balanço que fazemos da adesão do folclore português à Internet. Porém, ela revela-se ainda insuficiente, sobretudo se atendermos ao elevado número de agrupamentos que ainda não dispõe sequer de um site ou um blog, à deficiente actualização dos que já existem e, sobretudo, à dificuldade que revelam em superar novas etapas na sua divulgação.

Neste sentido, a Equipa do Portal do Folclore Português decidiu iniciar uma nova etapa na divulgação deste projecto, particularmente junto dos Grupos e Associações Culturais de Portugueses espalhados pelos “quatro cantos” do mundo, pelo que tomamos a liberdade de nos dirigirmos a V/Ex.cia no sentido de colaborar com esta iniciativa, mandando reencaminhar ou reencaminhando esta mensagem para todas as Associações Culturais e Recreativas/Grupos de Folclore, etc., que existam na respectiva área geográfica de intervenção.

Agradecendo, desde já, toda a colaboração de V/Ex.cia, subscrevemo-nos com os melhores cumprimentos,

A Equipa do Portal do Folclore Português

Bem vind@

Seguidores

 

Radio Arcoense - Venezuela. Copyright 2008 All Rights Reserved Revolution Two Church theme by Brian Gardner Converted into Blogger Template by Bloganol dot com